A Era da Informação e os Ativos Digitais

Tempo de leitura: 2 minutos

Os mundos concreto e digital não são universos separados, mas entrelaçados. Produtos, serviços e ativos podem gerar renda para você nos dois mundos e entre eles.

A Era da Informação em que hoje vivemos fez surgir, junto com o advento da Internet, a Economia Digital e o Mercado Digital.

Pessoas, empresas, produtos, serviços, marketing, moeda, transações, tudo foi contraído e globalizado num espaço acessível em uma tela de computador por qualquer pessoa. 

A Era da Informação. Planeta terra. Internautas conectados. Mundo de conexões e computadores. Verde e roxo.
Estamos na Era da Informação

São 2,8 bilhões de pessoas (2013) no planeta que podem ser atingidas a partir de um notebook ou smartphone. Só no Brasil somos 100 milhões de usuários da Internet. É notável verificar que podemos contatar automaticamente milhares de pessoas por dia com um simples blog.

Os critérios de um negócio concreto (capital inicial, matéria-prima, ponto de venda, estoque, entrega, cobrança, escalabilidade, automatização) tornaram-se éter no negócio online. Com R$ 250, você começa um negócio na Web, sem a preocupação de estoque, entrega ou cobrança.

Você pode lançar uma loja virtual (e-commerce) que vende produtos físicos ou simplesmente intermediá-los por dropshipping. Pode também prestar serviços e infoserviços, especialmente na geração de conteúdo, o cimento da Internet.

A Era da Informação e o Mercado Digital trouxeram a geração de riqueza bem mais próxima à pessoa comum, revigorou os ideais de trabalho em casa e negócio próprio, criou o empreendedor digital e seu mindset e popularizou o processo de marketing em sua vestimenta peculiar no ciberespaço: o Marketing Digital. [+]

ATIVOS DIGITAIS

Aluguéis, ações na bolsa e direitos autorais são exemplos de ativos. Devíamos investir na criação de ativos nos primeiros anos de nossas vidas profissionais para que, ainda jovens, desfrutássemos de independência financeira e liberdade de tempo.

A Era da Informação, porém, trouxe-nos um novo tipo de ativo, o Ativo Digital. Ele é especial porque reduz ao mínimo as dificuldades dos critérios que citamos (capital inicial, estoque, entrega, escalabilidade, etc).

Os ativos digitais trazem em seu bojo o infoproduto, o produto da informação. São cursos em vídeos, ebooks, softwares, aplicativos, etc. Na Era da Informação, vendemos conhecimento. Nada mais prático!

O funil automático de vendas mostrando a geração de tráfego, captura de leads, relacionamento com conteúdo e vendas
O Funil de Vendas

A principal característica dos ativos é a geração de renda automática. A Internet já fornece a plataforma automatizada para construção de ativos digitais. E nesse sistema, os infoprodutos desempenham um papel crucial.

O Funil Automático de Vendas é o principal ativo digital que você deve empenhar-se em construir. Ele gera tráfego qualificado, captura os dados das pessoas, nutre-as com informação, promove os infoprodutos e repete o ciclo (upselling), tudo de forma automatizada.

Investir em ativos digitais é realmente uma maneira inteligente de empregar parte de seu tempo para, no futuro, usufruir de mais tempo disponível. [+]


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.